segunda-feira, setembro 17, 2007

Até...

Hoje a mágoa passeia-se dentro de mim, com umas botas muito pesadas. De vez em quando, detém-se em certos locais e depois, em vez de caminhar, marcha com toda a convicção em linha recta, por cima de tudo o que encontra à sua frente. Há setas de maldade que aparecem e que me atingem. Sinto que há veneno a escorrer nas paredes onde tento encostar-me para descansar...
Até quando???

2 comentários: