terça-feira, novembro 30, 2010

É urgente...

É certo que se diz que viver implica riscos, tiros no escuro e actos mais ou menos desesperados, que justificamos como uma atitude de procura de felicidade. E, quase sempre, nessa busca que algumas vezes consideramos como infrutífera, agimos como se a felicidade fosse um tesouro escondido numa escarpa perigosíssima de uma ilha remota rodeada de perigos, num qualquer local mal assinalado no mapa e que escapou ao frenético movimento fotográfico do Google Maps. E continuamos dia após dia, numa atitude de aparente cegueira a descartar sensações e sentimentos, a ignorar momentos únicos e a resistir a uma gargalhada franca, um abraço amigo ou um sorriso de cumplicidade.
É urgente olharmos à nossa volta, dedicarmos atenção a pequenas grandes coisas, agradecermos a nossa incontável riqueza e sorrirmos, por opção.

1 comentário:

∗ANA∗ disse...

"E continuamos dia após dia, numa atitude de aparente cegueira a descartar sensações e sentimentos, a ignorar momentos únicos e a resistir a uma gargalhada franca, um abraço amigo ou um sorriso de cumplicidade.
É urgente olharmos à nossa volta, dedicarmos atenção a pequenas grandes coisas, agradecermos a nossa incontável riqueza e sorrirmos, por opção."

So true... Adorei este teu post.

Bjinhos