sexta-feira, agosto 28, 2009

Quase gosto...

Poderia dizer, qual seguidora do Pedro Paixão, que "quase gosto da vida que tenho"... mas só de vez em quando. Eu que ando há quase dois anos a tentar convencer-me a pensar positivo todos os dias, a ignorar ou desvalorizar tudo de negativo quanto acontece à minha volta, continuo a achar que não era esta a vida que eu deveria viver.
Posso parecer pretensiosa ou mal agradecida, mas não é bem assim. Agradeço todos os dias pelas coisas boas da minha vida, incluindo aquelas que costumamos dar como adquiridas até nos faltarem. Sei que tudo quanto tenho na vida foi conquistado com esforço, com muita persistência (quase a roçar a teimosia) e dedicação, mas ultimamente tenho dado por mim a considerar que afinal o "tudo" que consegui não passa de migalhas que não me saciam a fome de viver.

2 comentários:

ADry disse...

Tou quase assim tb!..........

migalhas...

Dexter disse...

Bom sinal amiga.

Eu entendo-te, nada como o gostinho do caminhar para um determinado objectivo...

Migalhas a migalhas lá chegaremos

Venha o próximo objectivo para transforma-lo noutra migalha

Beijos